É do peru!

De bobas, as marcas não têm nada. Usam, abusam, apelam da emoção de fim de ano. Forçam a barra em busca de lágrimas e, claro, de impulsos consumistas dos fregueses. O jogo é esse, sempre foi assim. Nem por isso precisamos ser ranzinzas e não reconhecer quando a mensagem gera uma emoção verdadeira. A Sadia […]

Leia Mais